Quero entender o desenvolvimento da linguagem do meu filho | O que fazer?

Quero entender o desenvolvimento da linguagem do meu filho | O que fazer?

Sentar, engatinhar e andar, fazem parte do desenvolvimento motor da criança na primeira infância. Esses ganhos despertam um sentimento de orgulho e felicidade muito grande para toda a família. Outro momento também bastante esperado é o da primeira fala da criança, mas você sabe como é possível incentivar o desenvolvimento da linguagem?

 

Como as crianças aprendem a falar?

O bebê começa a se comunicar desde muito cedo, direcionando olhares e sorrisos para chamar a atenção dos pais, além do choro que é outra forma de comunicação. Está comprovado que quanto mais os adultos conversam diretamente com os bebês, mais rápido as habilidades de comunicação são desenvolvidas. Cantar, brincar e contar histórias são algumas formas de conversar com a criança e desenvolver a linguagem de maneira lúdica.

Os pequenos aprendem a falar conforme suas habilidades de compreensão vão sendo incentivadas, por exemplo, ao adulto falar diversas vezes boneca associando com o objeto boneca para a criança, ela irá entender que a palavra “boneca” refere-se àquele brinquedo, o mesmo irá acontecer com outros objetos apresentados. Sempre apresentado de forma natural, contextualizada.

 

Como ajudar a incentivar a fala da criança

No meio deste processo pode acontecer de os pais terem algumas dúvidas sobre o desenvolvimento da linguagem dos seus filhos, como quando virá as primeiras palavras ou até quando é natural os bebês balbuciarem. Por isso, é necessário compreender que cada criança tem o seu processo e que também existem etapas a serem desenvolvidas de acordo com a idade.

Os estímulos devem começar desde bebê, conversando com a criança. Sendo assim, pode-se aproveitar os momentos de banho para nomear as partes do corpo : “agora o papai vai lavar a sua mão”, outra forma de fazer isso é por meio das brincadeiras e outras atividades do dia a dia: “Onde será que está a mão do João? Aqui!” (e toque a mão do bebê). Ainda que a criança não formule uma frase, essas práticas são importantes para a assimilação das palavras.

Para que você entenda melhor sobre o desenvolvimento da linguagem, convidamos a fonoaudióloga consultora da AVIVA, Eliete Sandré, para explicar um pouco mais o assunto abordado.

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Aviva